Espero que gostem e não deixem de deixar aqui o vosso comentário!

23
Fev 09

Hoje vou falar um pouco sobre a diabetes porque sou diabética, escrevo aqui sobre isso, mas nunca vos esclareci sobre a doença.

A diabetes é uma doença crónica, caracterizada pela interrupção ou intolerância à insulina (que é produzida no pâncreas).

A insulina é a hormona que permite a entrada de glicose nas células do nosso organismo. Na sua ausência, não recebemos o açúcar necessário à produção de energia, ficando todo no sangue.

 

Existem vários tipos de diabetes

  • tipo 1 (insulinodependente), aparece em jovens e crianças e são necessárias injecções de insulina)
  • tipo 2, costuma aparecer em adultos e idosos, começando a aparecer a pessoas cada vez mais jovens, e é provocada por muito stresse e por uma alimentação desequilibrada)
  • gestacional, aparece a algumas grávidas.

 

Alguns dos sintomas mais comuns são:

  • sede;
  • urinar muito frequentemente (nomeadamente acordar de noite para ir ao WC);
  • fome;
  • cansaço;
  • perda de peso;
  • em casos mais graves, perda de consciência (desmaio)

Em que consiste o tratamento?

Vou falar sobre o tratamento da diabetes tipo 1.

Consiste na verificação e no controlo da glicémia através do medidor de glicémia e das injecções de insulina. Hoje em dia já existe a bomba de insulina. Parte importante é, também, o exercício físico e uma dieta equilibrada. 

Os valores ideais de glicémia variam de tratamento para tratamento mas, para um diabético, ter entre 60 e 160 é muito bom. 

(Para mais informações contactem-me).

 

E quando a glicémia baixa demasiado (hipoglicémia)?

Se falharmos alguma refeição, dermos insulina a mais ou fizermos exercício físico sem comer/sem ajustar a dose de insulina o nível de açúcar no sangue pode descer muito. Lembrem-se que aquilo que o vosso corpo faz sem vocês darem conta (produz insulina na quantidade necessária), não acontece com o diabético, pelo que é necessário que este adeque a insulina à ingestão de alimentos e ao exercício físico.  

Se descer mesmo muito, pode levar ao desmaio, pelo que é preciso cuidado nesta situação.

 

Como se corrige esta situação?

Dependendo do valor, aconselha-se a ingestão de açúcar e de uma ou duas bolachas. Em caso de desmaio liguem para o 112.

 

E quando aumenta demasiado (hiperglicémia)?

A não ser que aumente até aos 500, o diabético pode não dar conta. No entanto, o diabético deve administrar nsulina para reduzir o valor. Num caso mais grave, pode desmaiar e até entrar em coma diabético (112).

 

Por enquanto dispeço-me. Em caso de querer mais informações ou querer informar-se acerca das complicações comente!

publicado por osmacaquinhosdomeusotao às 10:21

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
24
25
26
28


mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

links
blogs SAPO